Menu

facebook twitter Instagram Youtube Linkedin

Comunicação

Comunicação > Notícias

22 de julho de 2016

Sagres: uma experiência inesquecível

Foto: Coordenadoria de Comunicação e Imprensa
Sagres: uma experiência inesquecível

Os dois dias de visitação ao navio-escola Sagres foram um sucesso. Quatrocentas pessoas realizaram o desejo de conhecer a embarcação e um pouco da história e cultura portuguesas. Os visitantes, que se cadastraram pela linha direta disponibilizada pela Empetur, se concentraram em frente ao Forte do Brum e seguiram em um micro-ônibus até o Cais 06, onde a embarcação portuguesa ficou atracada. Cada grupo de 20 pessoas foi dividido e guiado pelos cadetes portugueses que fizeram um tour as instalações do navio.


A ex-funcionária pública Maria Marli dos Santos e a amiga Fátima Oliveira levaram as filhas para conhecer a embarcação. Elas contam que tiveram uma boa experiência e o que mais chamou atenção foi a cabine do comandante. "A cabine do capitão é muito bonita, o que mais gostamos também foi a parte histórica, nós vimos as fotos e as mobílias antigas e os motores do navio", conta Maria.

 

Amélia Rocha, professora, levou as duas filhas Brenda e Bruna, de 10 e 7 anos respectivamente, para visitar pela primeira vez um navio da marinha. Ela se cadastrou e participou do segundo grupo de visitas. "Eu nunca tinha visitado um navio, os marinheiros são super atenciosos e fomos muito bem recebidas", conta Amélia. Já Brenda, de 10 anos, achou a cozinha do navio o ponto mais divertido: "O que eu mais gostei foi a cozinha. Era muito bonita e tinha um cheiro gostoso!".

 

O comandante do navio-escola Sagres, António Gonçalves, disse ter ficado muito feliz com as visitações e o intercâmbio com os recifenses. "Todos são muito amáveis e calorosos. Ficamos felizes com a atenção e o acolhimento dos recifenses na nossa estadia aqui", ressaltou.

 

O presidente do Porto do Recife, Flávio Gouveia, destacou a importância da chegada do Sagres à cidade. "É uma satisfação muito grande receber o navio de maior tradição e história da armada portuguesa, tendo em vista a comunidade lusitana que é grande e forte na cidade, motivo pelo qual o nosso ancoradouro foi escolhido como o primeiro ponto de atracação na costa brasileira este ano. Acredito que todos os visitantes tenham ficado satisfeitos com essa experiência única que é conhecer o Sagres", ressaltou.

 

O navio-escola Sagres deixa o Porto do Recife, hoje (22.7) rumo a Salvador e, em seguida, vai para o Rio de Janeiro onde servirá como embaixada itinerante de Portugal durante as Olimpíadas Rio 2016.


Movimentação

No momento

05navios atracados

Toneladas em operação

391.634neste ano

Tábua de marés

Clique aqui

Vídeo Institucional